quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Reminiscências (*) 23



Quando caminha o faz saltitante
Faz uso de um olhar penetrante
Seu latido soa mais que um berrante
Mas nunca perde a pose: sabe ser elegante!!!

Melissa é pura ternura
Parceira não tem igual
Mesmo em momento de agrura
Contém seu lado animal.

Adora um suculento ossinho
Não nega o que lhe dá prazer
Passear numa pracinha
É uma de suas razões de ser

Essa mocinha marota
É obediente e ao mesmo tempo atrevida
Às vezes se fazendo de louca
Mas sempre curtindo a vida.

“Passear” é um momento mágico
Associado ao xixizinho e cocozinho
Quanto a isso nada há de trágico
Pois respeita o lugar direitinho.

Adora se passar por surda
Quando algo não lhe convém
Mas também sabe ser boa ouvinte
Quando conversamos com o além.
Ike Nicotti
29.10.14 às 01:05h

(*) Segundo Platão, "lembrança do que a alma contemplou em uma vida anterior, quando, ao lado dos deuses, tinha a visão direta das ideias”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário