terça-feira, 1 de março de 2016

Sim ou Não?


É sim ou não. Serão três letras para o fim ou para o início. Sim ou não?

Não aceito que diga que está cheia de preocupações e que não é o melhor momento.

Não peça mais tempo para pensar, tempo não é sabedoria, tempo é adiamento.

Dou tempo para arrumar o cabelo, não dou tempo para arrumar a cabeça.

Não me diga que não tem como me fazer compreender, ou que não pode me fazer esperar.

A despedida é uma aula de desculpas, não revela o que sentimos.

O aceno tem que ser trinco, senão é mero cumprimento. O aceno abre ou fecha portas. 

Não venha alegar que sou especial e pretende continuar do jeito que está. A comodidade esvazia a urgência.

É sim ou não. É definir antes a vida que não quer. Só a renúncia valoriza a escolha.

Preciso perguntar. Não tenho saída. Não ter saída é ficar junto. 

É sim ou não.

Não serei compreensivo. Acompanhando sua covardia não lhe darei coragem.

Não serei maduro. A pressão é honestidade. A pressão é fidelidade.

Não venha responder que é cedo para tomar decisões. Já é tarde. Sempre é tarde para quem se necessita.

Deve oferecer sua solidão. A solidão da decisão. É sim ou não. Sim sim. Não não.

O amor é uma conta exata. Com números quebrados. Nada vai fora depois do sim. Tudo se disfarça depois do não.

Sim sim. Não não.

O beijo tem som de sim, o abraço tem som de não, qual dos dois?

Amar é decidir. Amar é decidir mesmo que seja errado. Não há problema em errar, inventaremos o certo.

Não tenho medo de me arrepender, tenho medo de não ouvir o meu desejo pela ânsia de falar. Tenho medo de não deixar meu corpo falar.

É sim ou não. Terá que escolher um lado. Fugir do encaixe da cabeça nos ombros ou me amarrar em suas pernas. 

Sim ou não. É agora. O grande problema é o pânico de responder na hora. Mas não agir é não me escolher. 

Não decidir é decidir também. É dizer não fazendo o sim.

Eu espero o sim do sim ou o não do não. A grande certeza para vivermos tranquilamente nossas pequenas dúvidas.


Texto de Fabrício Carpinejar

Nenhum comentário:

Postar um comentário