domingo, 12 de maio de 2013

Mãe: Conta de novo - F. Carpinejar

Na foto: minha vó Iolanda e minha mãe Wilma
Se sua mãe conta a mesma história,
não é esquecimento, é orgulho de viver.

Se sua mãe conta a mesma história,
não é que ela está velha, é que você ainda não entendeu a mensagem.

Se sua mãe conta a mesma história,
não custa ouvir de novo. Afinal quando criança você sempre pedia para ela repetir a leitura dos livros.

Não vou oferecer um par de brincos para minha mãe,
vou oferecer meu par de ouvidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário