Ganhe Bitcoins

domingo, 1 de abril de 2012

1º de Abril - Dia da Mentira


[POEMA EFEMÉRICO]
Viva o Brasil
Onde o ano inteiro
É primeiro de abril
(Millôr Fernandes)

Mas, sinceramente, será que é mesmo? A gente já não mente todos os dias? Há quem jure de pés juntos que não saiu ontem; que declara amar alguém qdo na realidade não a ama; pessoas que dizem que não fizeram isto ou aquilo qdo na realidade fizeram!!!


Há pessoas que mentem todos os dias. De mentirinhas a mentiras perigosas e prejudiciais para enganar outros. Pessoas que mentem sobre seus atos e comportamentos, suas vidas, suas verdades e que, de tanto inventarem histórias, chegam a mentir até sobre suas mentiras, acabando por acreditar nelas.

A pessoa mentirosa de verdade é uma pessoa dissimulada, não olha nos olhos, não enfrenta a vida de frente com dignidade e, com certeza, muitas vezes necessita de muitas mentiras para sustentar apenas uma. A grande verdade é que “a mentira não tem pés, mas anda veloz” e, segundo um provérbio chinês, “quanto mais longa é a explicação, maior é a mentira”.

A mentira corre tão solta todos os dias que, na realidade, no dia 1º de abril deveríamos falar somente a verdade. Pelo menos uma: “Saí ontem”; “Ele é apenas meu amigo”; “Eu te amo”.

1º de abril. Dia da verdade.  

Tu omites ou altera a verdade dos fatos para tirar o teu da reta? Argumentas todo o tipo de assunto com teus pais? És honesto e sincero com o(a) namorado(a)? Situações constrangedoras o levam a desvirtuar a realidade dos fatos, impulsionando a mentir cada vez mais?

A expressão facial junto com a expressão corporal apresentam o indicativo de mentira. O baixar a cabeça após ser questionado sobre um determinado fato, apresentam igualmente um indicativo da mentira.

Qdo o nível da ansiedade é grande, os indicativos da mentira são exagerados.

A verdade dos ditados populares como ‘A mentira tem pernas curtas’, ‘A mentira é uma bola de neve: quanto mais rola, mais engrossa’ e outros tantos, comprovam isso.

Mas a data de 1º de abril é considerada como o Dia da Mentira tendo outras denominações e entre elas o Dia dos Bobos. Isto é o que diferencia a mentira anteriormente narrada com a mentira atribuída ao dia de hoje. Esta, inclusive, tem sua origem num acontecimento histórico.

Trata-se de uma mentira de brincadeira, de “pegadinhas” onde a finalidade da mentira é realmente enganar outrem, intencionalmente, sem que a falsa atitude traga males ou prejuízos à vítima, geralmente vindo logo em seguida ao seu conhecimento a revelação da brincadeira aplicada.

Com a vulgarização com que as pessoas faltam com a verdade, o que se mais gostaria hoje em dia, seria de ouvir na data de hoje, as mentiras que nos são contadas o ano inteiro, para que assim, ficássemos realmente com a dúvida se o que estão nos contando é ou não verdadeiro. Pelo menos estaríamos preparados para isso!!!

E já que estamos jogando com conceitos de verdade e de mentira, há um provérbio iraniano que diz assim: “A verdade é um espelho que caiu das mãos de Deus e se quebrou. Cada um recolhe o pedaço e diz que toda a verdade está naquele caco. O que é, verdadeiramente, uma grande mentira!”



    “A mentira é uma verdade
que deixou de acontecer.”
M. Quintana

Nenhum comentário:

Postar um comentário